milonga

Me dói te ver assim. Não precisava ser dessa maneira. A gente podia ter sido tão diferente. TÃO diferentes de qualquer outro casal desse planeta enorme. Mas não fomos. Tivemos algumas alegrias, algumas tristezas e muita dor. Afinal, qual amor num teve dor? Isso já foi cantado e até escrito por Shakespeare, Camões e milhares de outros poetas de renome. Mas na realidade, tudo é diferente. Até a dor deles, me parece tão branda e fina. Aquela dor clássica que todos nós sabemos como vai se acabar. A minha dor não é essa. Ela não se enquadra nesse nível baixo de dor. Mas sei que ela serviu pra alguma coisa… Me deixou fria e quase sem sentimentos. E isso, no mundo em que vivemos, é de muita utilidade.

O triste é saber que a gente poderia ter tido um amor maior do que esse planeta e qualquer constelação em volta dele.

E quando você não esperar, vai doer.
E eu sei como vai doer.
Mas vai passar, como passou por mim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s